Em quem você se inspira?

Me lembro quando estava na faculdade, o namorado de uma amiga trabalhava como engenheiro numa grande empresa e para mim, naquela época, era um ótimo modelo de “sucesso”. Então, me interessava por saber quais cursos que ele fazia, quais as áreas que se especializava, etc. Coincidência ou não, duas das minhas especializações foram iguais as dele.

Outro caso bem marcante foi em uma das entrevistas finais do programa de trainee que eu fui selecionada.  Me lembro como se fosse hoje quando conheci o presidente da empresa, numa palestra para os candidatos finalistas. Fiquei encantada, queria trabalhar com alguém como ele e seguir aquele modelo de profissional. Coincidência ou não, ele foi meu gestor até eu resolver dar esta parada profissional para abraçar o projeto Asas&Raízes.

Eu sempre me inspirei em pessoas. Pessoas que eu admiro, e que costumo dizer que “eu quero ser igual quando eu crescer”.

Pode ser que muitas vezes, os resultados buscados não estavam totalmente ligados à minha essência mais pura, e sim para agradar alguém especial e/ou ser vista como mulher independente e profissional competente. No meu caso, Maturidade e Autenticidade só chegaram depois de um bom tempo de análise.

Mas o meu grande problema apareceu quando o sonho era largar a minha estabilidade no Brasil e gastar meu suado dinheiro numa viagem ao redor do mundo. Eu não tinha inspirações. No mundo corporativo, esta não parecia uma atitude muito sensata e também era algo que descolava das minhas raízes mais profundas. Sempre ouvi do meu pai que eu deveria trabalhar duro, economizar dinheiro e ter uma aposentadoria privada. E mesmo sendo muito grata por estes ensinamentos, não era um pensamento que me encorajava a ir atrás do meu sonho.

Resolvi começar a procurar outras inspirações, e eu dizia para mim mesma que era “só por curiosidade”, não significava que eu iria mudar algo na minha vida. Mas mudou. Achei inspirações que me abriram para um mundo novo.

Dra. Ana Claudia: conheci esta pessoa mais que especial, daquelas que não existem palavras para descrever, numa palestra  sobre os arrependimentos que as pessoas tem antes de morrer. De uma forma leve, e até bem humorada, ela me lembrou que a morte é uma realidade. Me contou que a gente morre conforme a gente vive. E ter a consciência da minha própria morte foi fundamental para tentar viver diferente.

Carol Viravolta: conheci o site da Carol por indicação de um amigo. É o melhor site sobre viagens de longo prazo que eu conheço, ensina desde como comprar uma passagem de volta ao mundo, o que levar na mochila até como lidar com o medo e inseguranças de uma viagem como essa. Mas o que realmente me encantou na Carol foi sua generosidade. Mandei um e-mail para ela contando do meu sonho, descobrimos que morávamos perto e numa sexta a tarde ela me manda uma mensagem: não vou fazer nada hoje a noite, quer vir aqui conversar? Conversamos por horas, fiquei encantada com aquele acolhimento a alguém que ela nem conhecia e sua vontade genuína em me ajudar. Este olhar diferenciado da Carol, saber que ela viajou dois anos pelo mundo, foi a minha primeira sementinha de que sim, era possível fazer uma viagem de volta ao mundo.

Dri e Manu: este casal super querido eu conheci pelo site da Carol. Eles começaram a viagem de volta ao mundo exatamente quando eu decidi viajar e eu acompanhei cada post do blog Para Onde o Vento nos Levar como se estivesse viajando junto, eu ficava até preocupada quando demoravam para atualizar o blog e mandar notícias. Trocamos vários e-mails, algumas dicas foram essenciais na montagem do meu roteiro. E eles chegaram no Brasil exatamente uma semana antes de eu partir e tivemos tempo de um almoço delícia e um abraço apertado.

MUITO OBRIGADA a estas pessoas que além de fontes de inspiração, me ajudaram, me acolheram, com todas minhas angústias, medos e inseguranças antes de embarcar para minha jornada. Serei eternamente grata.

E você, sabe quem são suas inspirações? Me conta aqui nos comentários. 🙂

23 Comentários Em quem você se inspira?

  1. tania 24 de novembro de 2015 às 19:21

    é bem a sua cara, Camilinha! sincera, discreta e MUITO corajosa. parabéns. fico feliz de tê-la conhecido, mesmo que no mundo corporativo, mas bem legal acompanha-la agora nessa jornada fantástica, com muitas novidades, conhecimento e bom astral. bjs querida.

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:17

      obrigada queridaaaa! pena que não nos vemos faz tempo, sempre me diverti com você e me sentia acolhida com você e a Katia ali pertinho de mim. Tempo bom. Beijo bemmm grande 🙂

      Responder
  2. Tico 24 de novembro de 2015 às 20:12

    Sensacional! Sempre me inspirei em vc!

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:14

      Querido….sempre me lembro de vc por aqui…quando falam em inglês comigo e não entendo nada, eu penso “devia ter prestado mais atenção naquelas aulas do CCBEU” hehehehe. Beijos, muitas saudades! 😉

      Responder
  3. Edu Toledo 24 de novembro de 2015 às 20:20

    Oi Camilla, fico muito feliz por ter sido uma das tuas inspirações. E por ter tido o privilégio de te acompanhar nesses anos, um admirador da tua curiosidade e da tua atitude aberta perante a vida!

    Responder
  4. Edu Toledo 24 de novembro de 2015 às 20:29

    Fico muito feliz de ter sido uma das pessoas que te inspiraram! Sinto-me privilegiado por esses anos de nosso convívio, tenho uma grande admiração por essa sua atitude aberta e iintensa perante a vida!

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:13

      Edu, sempre fui sua admiradora! Não só pelos exemplos profissionais mas principalmente como Ser Humano. Obrigada! Bjs

      Responder
  5. Luciana 24 de novembro de 2015 às 20:31

    Ca, tenha ctz que vc está sendo a inspiração para mtos , inclusive à careta medrosa da sua irmã! Não só a inspiração para buscar sonhos, mas tb a inspiração para buscar ser uma pessoa melhor. Mto orgulho de vc! Bjo malinha…te amo

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:07

      Malinha, você é a minha maior inspiração de Vida! Não seria nada sem você. Te amo mais que cerveja gelada 🙂

      Responder
  6. Marlucia 24 de novembro de 2015 às 20:39

    Camila, os seus posts são inspiradores e não esqueça de no final desta experiência , fazer um livro . Beijos e desejo muitas descobertas para vc. Não deixe de compartilhar…

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:06

      Muito Obrigada Má! :)Fico muito feliz com os comentários, me dá energia para seguir. Beijo Grande

      Responder
  7. Letícia Albani 24 de novembro de 2015 às 21:45

    Uma das minhas inspirações é você, cabeça! Beijos e estou com saudades! <3

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:05

      isso é muita responsabilidade Kbeça! Também estou com saudades, amo muito você, conte sempre comigo!

      Responder
  8. guto albani 25 de novembro de 2015 às 07:04

    Maninha linda.

    A saudade é grande, mas maior ainda é a felicidade de ver você realizando seu sonho.
    Deus te abençoe.
    Te amo. Bjsss

    Responder
    1. Camilla Albani 26 de novembro de 2015 às 07:03

      obrigada Maninho 🙂 também estou com muitas saudades, nem posso ficar pensando nisso. beijo, amo você.

      Responder
  9. Carmen Leal 30 de novembro de 2015 às 16:50

    Adorei essa postagem sua. Realmente as pessoas precisam se olhar mais e buscar suas inspirações na vida. Não ter medo de ser feliz, enfrentar suas inseguranças e se lançar. Parabéns pela sua coragem e você hoje com certeza já está servindo de inspiração para muitas pessoas. Bjs. Carmen Leal.

    Responder
    1. Camilla Albani 12 de dezembro de 2015 às 11:31

      obrigada Carmem…não é fácil mas a gente segue que o caminho vai se abrindo…beijos!!

      Responder
  10. Noelle 1 de dezembro de 2015 às 06:46

    O bom da vida é poder se reinventar e se redescobrir. Beijos

    Responder
    1. Camilla Albani 12 de dezembro de 2015 às 11:30

      com certeza, Nô! Bjokas

      Responder
  11. Elaine Aquino 2 de dezembro de 2015 às 10:21

    Uma delícia encontrar estas boas inspirações pela vida não é mesmo, amiga ? Que muitas outras inspirações ainda te alcancem !! Bjokas

    Responder
    1. Camilla Albani 12 de dezembro de 2015 às 11:30

      🙂 beijos, beijos

      Responder
  12. Jennifer 6 de dezembro de 2015 às 01:15

    Me identifiquei muito com o post! E obrigada por me inspirar também…

    Responder
    1. Camilla Albani 12 de dezembro de 2015 às 11:26

      fico feliz Jennifer! 🙂 boa sorte na sua caminhada e qq coisa que eu puder ajudar, é só gritar!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *